Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
DAS COISAS À MEMÓRIA Crônicas 08/04/16 111
Das paternidades de Virginius Crônicas 12/08/17 146
De São João a São Pedro Crônicas 10/06/10 41
Demolições e Tombamentos Crônicas 02/02/12 111
DEPOIS DE EVA, A MULHER Poesias > Amor 26/05/10 22
Desbotam e enterram Areia Vermelha Crônicas 15/01/16 139
Desejar um vaso ou uma taça? Crônicas 16/05/14 112
DESEJO DE ÁRVORE Poesias > Amor 01/12/10 84
DESENCONTROS DE AFAGOS Poesias > Solidão 01/05/11 52
Desencontros e Encontros de Vidas Crônicas 09/12/11 119
Deserto, dúvida e esperança Crônicas 23/03/18 222
Desgastada pelo não uso Crônicas 14/07/16 87
DESGRAÇAS NAPOLITANAS Crônicas 31/01/10 13
DESNUDAR Poesias > Sensuais 24/05/12 140
Deus chora, o homem ri... Crônicas 30/09/15 136
DEUS CRIOU DARWIN Poesias > Pensamentos 05/10/10 46
Deus nasceu no exílio Crônicas 16/12/10 197
DEUS NASCEU NO EXÍLIO Crônicas 25/12/14 78
Dia 13, dia 15, marcha e contramarcha Crônicas 12/03/15 159
Dinheiros em saco Crônicas 07/11/15 38
Página 12 de 35 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php