Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
Morre João Bosco, da casa dos Fernandes Crônicas 12/01/17 224
Morre Santo no Velho Chico Crônicas 21/09/16 169
Morrendo com as notícias Crônicas 18/11/16 138
Morrer na solidão Poesias > Solidão 29/06/15 102
Morrer ou sobreviver em Marte? Crônicas 16/08/13 100
MORREU CAIXA D'ÁGUA Poesias > Recordações 06/03/10 60
Mudanças que não mudam Crônicas 25/05/18 165
Mujica, trabalhador e franciscano Crônicas 17/10/14 68
MULHER LIBERTA Poesias > Amor 30/04/10 20
Mulheres unidas, uni-vos! Crônicas 28/09/18 139
MUNDO IGUAL Poesias > Alegria/Felicidade 05/02/10 24
Museu e seus motivos Crônicas 24/05/14 56
Museu que é casa Crônicas 15/09/17 156
Na delação, o justo é inegociável Crônicas 04/03/16 120
NADA ME FALTA Poesias > Amor 25/03/11 187
Namoradas e namorados! Uni-vos! Crônicas 03/06/15 111
Namorado Maquiavélico Crônicas 16/06/11 254
Não odiar os que odeiam... Crônicas 18/03/16 137
Napoleão, o Laureano Crônicas 01/08/14 59
Nas escolas, tempo e cores Crônicas 18/11/17 161
Página 20 de 35 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php