Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos


 
 
DEPOIS DE EVA, A MULHER
 
A mulher foi criada,
depois de Eva.
A primeira, a primata,
depois "mulier sapiens".
O Criador separou,
com o dedo, as duas,
Forjou suas curvas,
no fogo do amor,
fazendo-a "mulier pulchra" .
Acendeu o paraíso com o sol
e  à noite Ele deu a lua.
Fez claridade às trevas,
distinguiu a felicidade da dor.
Sentiu-se despida Eva,
no macho despertou ternura
aquela primeira mulher nua.
Deus riu e achou bom,
vestindo-a de mais formosura.
Animou o corpo,
ao esplendor do dia,
pintou de luar as coisas,
a  selva, o mar,
o rito e a natureza ,
para o prazer de amar.
Assim caminharam
Eva, ela e Adão,
de mãos dadas,
do prado ao pomar das enseadas.
Tanto carinho, tanta certeza,
Nos primeiros passos da beleza.
Quis deste modo o Criador
a pedra preciosa dos minerais,
a flor mais bela dos vegetais,
o bicho mais tenro dos animais,
para a fêmea agradar ao varão.
Nada igual à mulher,
síntese do belo na Criação.


www.drc.recantodasletras.com.br
Damião Ramos Cavalcanti
Enviado por Damião Ramos Cavalcanti em 26/05/2010
Alterado em 20/06/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Damião Ramos Cavalcanti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php