Damião Ramos Cavalcanti

Enquanto poeta morrer, a poesia haverá de viver

Textos
Título Categoria Data Leituras
ENTRE IDOSOS E IDOSAS Poesias > Alegria/Felicidade 21/07/11 30
ENTRE ROSAS E BILHETES Poesias > Amor 19/08/10 58
ENTRE SAMBISTAS E PEREGRINOS Crônicas 08/02/10 33
Epitácio Pessoa, o homem Crônicas 29/05/15 58
ESCATOLOGIA Poesias > Pensamentos 29/03/10 10
ESCRITOS NA ÁGUA Poesias > Surrealistas 31/01/11 55
Esmola contra o Amor de Deus Crônicas 07/09/11 100
ESPÍRITO PARÁCLITO Poesias > Espiritualistas 23/01/10 78
Essas crianças, nossos netos Crônicas 05/10/13 91
ESTRANHA MULTIDÃO Poesias > Desilusão 14/12/16 36
Evitem certos mascarados Crônicas 30/01/16 156
EXISTÊNCIA E LIBERDADE Poesias > Alegria/Felicidade 15/06/10 29
Existencialismo na solidão Crônicas 07/12/17 244
Existir mais do que viver? Crônicas 03/08/17 154
Falou sem pensar ou filosofar Crônicas 12/04/19 207
FANTASMAS DO AMOR Poesias > Amor 30/01/13 82
FAROL Poesias > Bucólicas 12/09/10 21
Fátima, pintora sem pincel Crônicas 10/08/18 202
Feliz em achar o Dom José Maria Pires Crônicas 06/04/18 125
Fenart, Quatro Vezes Fenart Crônicas 02/06/11 96
Página 14 de 34 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
http://www.drc.recantodasletras.com.br/index.php